domingo, junho 26, 2005

Mas porquê que ninguém me disse que isto ficava para sempre????

Ontem foi dia de acampamento.
Local semi-paradisíaco perto de Vinhais, mais perto ainda de Soeira.
Oh! o rumorejar do rio, a alegre passarada, o arvoredo oscilando docemente ao sabor do vento... e aqueles senhores a pendurar balões de s. joão... oi? balões de s. joão? fitinhas? lâmpadas? e aquela carrinha? será que vão transformar a parte de trás num.... MEU DEUS!!! aquilo é um palco!!!!!
-É que aqui festejam o S. João hoje! (disse alguém...)
Lá se foi o relax terapêutico tão almejado, o barulho das carochas, dos grilos, a natureza....
Das sete da tarde às três e pico da manhã (foi o que me pareceu, entretanto deixei de olhar para o relógio a ver se o tempo assim passava mais depressa...), foi música pimba non-stop, bailarico e sardinhada (a sardinhada não me incomodou muito, incomodei mais eu aquelas sardinhas que me foram parar ao prato...).
Ele era Emanuel, Roberto Leal, Quim Barreiros, Marlene, ele era tudo e muito alto, muuuito alto mesmo!!! Sempre que a mini-pseudo-banda (composta por um tipo e um sintetizador...) tinham de fazer um break, lá entrava o mesmo cd de música, ineterruptamente no repeat. Às dez da noite eu já sabia os refrões.... às duas da manhã eu já sabia as letras todas e as coreografias... às três da manhã já espumava como um cão raivoso.... (se eu oiço mais uma vez aquela música...)
E lá continuava:
-ó sr. guarda, não leve a mal...
- eu cozinho e ela lava a loiça..
-teu corpo! dá-me choque dá-me choque!!!
-agarra-te a mim....
(ande soi one ande soi one)
Isto foi ontem... hoje eu passei o dia todo a cantar as músicas todas! Se eu quizesse esconder das pessoas que tinha estado num bailarico não tinha hipótese!!! Cada vez que me distraia lá estava eu: à noite só à noite é que ele diz que me ama, vem-me com falinhas mansas....
AAAAAAAAAAAAAAARRRRRGGGG!!!!!
PORQUÊ QUE NINGUÉM ME DISSE QUE ISTO FICAVA PARA SEMPRE???!!!!
Image hosted by Photobucket.com

3 comentários:

Maria Papoila disse...

Bem, cá vai uma ajuda para ultrapassar isso:
"Birds do it, bees do it, even educated flees do it.."
Não, isto não é nenhum convite, fica descansada! Beijo

Tu@reg_19 disse...

Não é que este fim de semana se passou o mesmo comigo. Lembraram-se no meu bairro de colocar umas grafnolas a debitar decibéis de musica pimba, isto na quinta e sexta-feira passada. E de vez em quando lá andava eu a "aperta, aperta com ela...". No sábado fui ao enforcamento do meu primo(e ainda não acredito!!). E lá no meio do casório alguém se lembrou de apertar com ela. E a p*** da musica não me saia da cabeça.
É que foi todo o fds no "aperta,aperta com ela/ Até o padre ajudou....".
Fonix, existem medicamentos pra isso?!?

carmuue disse...

quando souber de alguma droga que elimine os efeitos secundários de uma exposição excessiva a música pimba, serás, seguramente, a primeira pessoa a saber!