segunda-feira, novembro 07, 2005

com o corgo aos pés em adoração!!!

Por entre as arribas do corgo soou possante o meu grito do ipiranga!
Image hosted by Photobucket.com
Sai finalmente da casa dos papás, primeiro porque já estou na idade e depois porque se me estava a desenvolver uma urticária mental que eu somatizava em cefaleias contínuas... como podem imaginar, não era nada de agradável...
Agradeço a todos os que visitaram o meu covil enquanto estive ausente!
Jamais deixarei acumular pó neste veículo de expressão carmística pura que eu tanto aprecio!
Espero que se deleitem também com as coisas que me titilam.
Garzie tanti

Ps. lê-se córgo e não corgo!

9 comentários:

morcaoe disse...

Bem vinda de volta.
Agora toca a exprimir por estas bandas todos os devaneios que te passam pela cabecita.
Beijooooo

Anónimo disse...

Ola, sim ja tas em Vila Real mas quando é a festa de inaugruação tua tua casa nova, AH ou melhor quando é vamos la jantar ou melhor ainda da me o endreço certo pa eu e o meu gajo te irmos la xatear!! ou não.
Beijinhos Mokia

Anónimo disse...

o Rui diz que quer Chili pa jantar como o costume é claro!!
BJ Mokia

O Puto disse...

Eu sempre disse "Córgo" e muita gente disse que estava errado. Ainda bem que mais alguém concorda comigo.

Maria Papoila disse...

Amiga!!! Parece que encontraste rumo...
Vou querer saber tudo!
Também tenho novidades, mas temos que ir tomar um café pra te contar!
Beijo grande e boa sorte para a nova etapa!

carmuue disse...

Para a mokia:
Claro que vai haver a inauguração, claro que vai haver chili, e claro que tu e o rui vão nem que eu os tenha de arrastar pelas orelhas(!) o único problema que se põe é a questão logística: "não há mesa de jantar"... in "detalhes da vida de um pobre", Carmo cardoso
assim que a questão for resolvida podem preparar os trajes de gala porque o degredo irá recomeçar!!

Para o Puto:
Se é verdade que "Em Roma sê Romano" e também "Em Vila Real sê Vila Realense". Assim, tal como os autóctones, eu digo córgo e não corgo. Até porque na minha territa onde o Córgo desagua, diz-se mesmo assim: Córgo.
em resumo NÓS é que temos razão! (imaginar sorriso sarcástico enquanto escrevo isto)

mfc disse...

Fico muito contente com este teu regresso.
E jáestou a ver que estás a postar com regularidade. Boa...é assim mesmo.

O Puto disse...

Eu também sou da terra onde o Córgo desagua no Douro. ;)

carmuue disse...

ena! temos conterrâneo!