domingo, maio 28, 2006

A serra do Marão


A Serra do Marão é uma formação montanhosa de origem xistosa e granítica, de formas abruptas, que atinge no seu ponto mais alto - a Senhora da Serra - os 1 415 metros. Distribuída pelo território dos distritos do Porto e Vila Real, faz a separação entre o Douro Litoral e Trás-os-Montes e constituiu, durante muitos anos, uma barreira difícil de transpor e que muito condicionou a mobilidade dos que moravam "para cá do Marão" (Trás-os-Montes).
Foi aqui, neste local idílico que andei eu ontem, debaixo de um inclemente sol, a bater monte. Por entre prelecções sobre fogo controlado, deitares de olho suspeitosos para os aerogeradores, um “ventinho” agradável como só mesmo no Marão e as contínuas queixas do meu tornozelo esquerdo e do meu joelho direito (todos os sistemas tendem para o equilíbrio....), lá sobrevivi a mais esta provação à qual me expus no mais puro e inexplicável sentido de voluntariado. Ganhei um bronzeado mais acentuado e uma garrafa cheia de genuína água do Marão fresquíssima e riquíssima (que até é exportada para a China, disse o prof. Hermínio e eu acredito!!), recolhida numa das muitas fontes que brotam da serra. Gostei que gostei! Decidi desistir da docência e descobri um novo sentido para a vida! Não me canso nem de carqueja nem de urze! Vou comprar umas quantas cabras e fazer Transumância...

Talvez seja melhor esperar que os efeitos do ar rarefeito dissipem...

8 comentários:

Maria Papoila disse...

Tem calma, senta-te na rua mais movimentada da cidade e respira fundo. Essa vontade de ar puro e de urze acaba por passar...

Beijo

paulo disse...

o prof... herminio levou-te a passear e falou-te de fogo controlado....

ele faz isso com muita gente mesmo...

carmuue disse...

p/ paulo: Ooooooohh! logo agora k me sentia especial, uma espécie de eleita sei lá! ponderei até que o homem do bigode farfalhudo me quisesse possuir nas fragas... tss tss tss mataste as minhas ilusões...

P/ olga: seguirei o teu precioso conselho de inalar monóxido de carbono assim k puder... hoje não deu, fui caminhar à beira rio, sem monóxidos, só esgotos...

Phi@ disse...

Nós chegaremos lá...sim, nós com o ritmo que levamos só temos duas hipóteses, ou chegamos lá, ou caimos po lado quando lá chegarmos!!! eheheheh mas como somos altas e fortes chegamos lá tenho a certeza!!! (nem que seja quando formos grandes eheheheh!!)

carmuue disse...

ai chegamos chegamos! ai nem dubides! já nos faltou bem mais! ninguém pára as caminheiras intrépidas!!!!!! ah ah ah ah ah

paulo disse...

qualquer dia junto-me ás caminheiras....

qualquer dia tb chego lá...

já agora... onde???????

carmuue disse...

alterando uma das melhores frases de um dos meu contos favoritos:
"O importante nem sempre é chegar artolas!"

giga disse...

O que é que tu fizeste à Carmo?!!! Eu quero a minha amiga sedentária de volta!!! Impostora!!!

PS - julgo que, ao contrário do que acontece em muitos filmes de série Z, muitos, a Carmo não foi substituída pela sua gémea malvada, mas antes por uma muito mais boazinha e responsável. quem souber do paradeiro da verdadeira Carmo, é favor dar-lhe um Favaios que a míuda deve andar a morrer À sede!