quarta-feira, julho 26, 2006

happenings

local: Padaria do costume
intervenientes: carmuue e empregada (fala-pelos-cotovelos-trata-carmuue-por-minha-boneca)do costume
situação: carmuue compra pão

carmuue: são seis pães de água por favor.
empregada: é pra já! (e enquanto pões os ditos num saco de papel) Ai a menina faz-me lembrar tanto a minha colega de escola...
carmuue: ai é? e é uma boa recordação ou uma má recordação?
empregada: ai boa! muito boa! era uma grande amiga, a minha xaninha gótica!
carmuue: er...ainda bem...
empregada: (continua numa verborreia sobre a afamada xaninha que carmuue não ouve)


reflexão: Será que devo andar com um letreiro que diga: "Não, eu não sou gótica! Eu só gosto de me vestir de preto, maquilhar os olhos de preto e por acaso tenho o cabelo até à cintura!" que diabo! Será que não basta eu passear-me pela rua com as minhas blusas vermelhas e a minha saia azul às cornucópias verdes e rosa? grrrrrrrrrrr

8 comentários:

Maria Papoila disse...

Tantas e tantas vezes as aparências iludem!
Tu não és gótica, és só um bocadinho diabólica! ;))

Liliana Blá disse...

Aposto duas pataniscas em como é a empregada da "Bela Aurora". Am I right, am I right???


.

carmuue disse...

mas que forma perniciosa de ganhar duas pantaniscas...

Liliana Blá disse...

E podem ser de bacalhau, fáshabor.
Eu passo chez toi ainda esta semana pra colher os frutos da minha completa ausência de pejo :)

Um bem-haja.

.

carmuue disse...

humpfffff!

Mana disse...

Ainda existe essa saia? a mãe ainda não fez panos do pó com ela?

carmuue disse...

mana, não compreendes que essa minha saia é um clássico? é uma espécie de vintage, nunca passará de moda! (até porque nunca esteve na moda...)

carmuue disse...

e sim, já tive que esconder a saia da mãe umas quantas vezes...