sexta-feira, dezembro 01, 2006

antes demais

um pregão que me ocorre assim de repente:

ÓLHÓ CHICULATE!!!!
ÓLHÓ CHICULATE FRESQUIIIIIIIIIINHO!!!!!

(pronto, já passou...)

Nada como uma véspera de feriado para dar um perninha por aí. Foi isso que eu e a sunya fizemos ontem (depois de vermos religiosamente o Dr. House, é claro!). Ouvi dizer que havia um bar sem consumo mínimo ali prós lados da Batalha, disse ela. E lá fomos à aventura! Não só era perto da Batalha como era no Cinema Batalha propriamente dito. Depois de termos feito figuras de ursas ao perguntar ao porteiro (que a nós nos parecia somente um tipo com mau gosto para gravatas), se era ali que era o qualquercoisa-volante, entrámos e deparámo-nos com um bar que funciona, nem mais nem menos que nos corredores do cinema! Além de uns átrios com um ar respeitável, sofázinhos confortáveis e essas coisas todas, tem um pista (que também é um átrio/corredor), que é a coisa mais parecida com uma festa de garagem que eu já vi desde os meus tempos de festas de garagem. Ou seja, mesa de mistura com um ar improvisado, uma psicadélica manhosa, e gente a dançar meia louca como se não houvesse amanhã. Este último facto fez-me provar a minha cerveja com algum cuidado não fosse a máquina de finos do sítio ter um pequeno upgrade...
Além do surreal da situação/local/fauna, a cereja no topo do bolo foi mesmo a música! Parecia que estava outra vez na Ritmin e que o Sérgio estava a ter um dia excepcionalmente bom!
Só pela música vale a pena ir ao Disco Volante! (pois, ainda não tinha dito o nome, pois não?)
Vamos lá dar uma perninha hoje tb?
Amanhã é sábado....

6 comentários:

Sunya disse...

Nota um: Não era só UM tipo com mau gosto para as gravatas! Eram todos os tipos que lá trabalhavam! olha que ele hà coisas, heim?...
Nota dois: O "Sérgio" estava num dia muito bom sim senhor e nem se esqueceu daquelas passagens fantabulásticas que aparentemente não é só ele que sabe fazer!
Tenho dito!
Nota três: Está aprovado!

Anónimo disse...

Barracão 22: as melhores festas de garagem cá do bairro (e bebidas não adulteradas, tirando daquela vez tá claro ...)

carneirus disse...

fui eu

Lídia disse...

ai que saudade me fizeste agora sentir da ritmin e de tudo o que é transmontano... mentezinha estranha a humana!!! Beijoca

Amm disse...

Eh pá!!! se faz lembrar a ritmin eu alinho!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Soube agora mesmo que o Ritmin existe/existiu em (Vila Real)e acredito que deveria ter algum hype. No DV somos um tanto
anti-plagio. Acusamos e recebemos criticas/elogios com "tranquilidade" mais não
conseguimos fazer, pelo menos até à data, devido a barreiras/imbróglios que roçam o for demência.O
upgrade da maquina de finos deixou-me a pensar em tornar-me mais
empreendedor."gravatas" nºao meus funcionários e a cereja" ...sempre sem caroço!
Cheers.IsidroLx.