quinta-feira, outubro 25, 2007

carmices...

  1. Seguindo o carneiro dei por mim a descobrir o que me aguarda quando for desta para melhor e acabar a arder no inferno até ficar estaladiça. O terceiro nível que me aguarde! Curiosamente, é o nível destinado aos glutões... nunca me teria lembrado disto... Ah! e o meu pecado mas pecador (permitam-me a redundância), é a ira... outra coisa que ue nunca teria suspeitado...
  2. Fiz um teste de personalidade, aquele em que se imagina caminhar numa floresta, onde se encontra uma chave, uma peça de loiça (barro ou menos prosaica), e um urso. Cada encontro significa um aspecto da nossa vida e nossa maneira de lidar com isso. Ora, o meu urso era um urso pardo, grande, felpudo com um ar agressivo e velho, apesar de me assustar com ele no início, acalmei-me quando ele começou a falar, sim, o meu urso falou, falou e falou e falou... de política!, foi tal o meu aborrecimento que lhe virei costas e segui caminho. Agora imaginem a minha cara quando descobri que o urso representava a minha relação com sexo... (no coments)
  3. Tenho dois homens na minha cozinha armados com um berbequim, isto deve querer dizer que os benditos buracos (crateras seria mais adequado), no tecto vão desaparecer. Por mais grata que esteja com a perspectiva de desaparecimento daquilo que eu defini um dia como "arte pós moderna representando a mutabilidade da vida", não deixo de ver com maus olhos a quantidade de pó que se está a acumular por todo o lado... já percebi que vou ter um encontro com a esfregona mais tarde...pffff

4 comentários:

carneiro disse...

Burn!!!!

carmuue disse...

fofinho!

Mana disse...

Vais precisar de muito mais k uma esfregona...

carmuue disse...

ó mana, já que percebes tanto disto, não queres vir cá fazer uma demonstração prática? hum?