sexta-feira, março 11, 2005

...

oh!... vida putíssima!

(poema em construção)

2 comentários:

g disse...

oh!...vida putíssima,
nesta esquina que é o mundo.
e que deixa a gente intrigadísima
sobre o que será mais profundo:
imundo e fugaz golpe de piça,
que penetra até ao fundo,
pelos habituais abutres figurados e outros demais paneleiros
que fornicam o povo moribundo,
que jaz caído o dia inteiro?
Ou pontapés mal disfarçados
de mimos e gestos dissimulados
de quem por cegueira guardamos
amizades e amores fecundos?
Se de uns nada esperamos, os outros são já corriqueiros.
Se já cagamos para os primeiros
porquê a dor dos segundos?


Nota: escrevi isto em menos de dois minutos. a ideia mesmo era despejar o que me viesse à cabeça, com apenas algumas noções de rima, métrica e estrutura, mas cagando um pouco para a estética ou verdadeiro valor poético. Quando vi, mudei umas coisitas (resisti à tentação de alterar tudo pois não era essa a ideia).

Não liguem muito, a sério.

Momento Zen:

"Acho que há um Bocage em mim...SALVO SEJA!!!"

carmuue disse...

SALVO SEJA!